4 tipos de logística

A logística é de suma importância para que uma empresa seja bem-sucedida nas suas atividades. É ela quem planeja e faz com que a distribuição dos materiais e suprimentos necessários de uma organização aconteça de forma efetiva. Separada em quatro tipos, a logística executa um papel essencial dentro da empresa.

Vamos explicar então neste artigo quais são esses tipos e qual suas funções.

O primeiro tipo é a logística de suprimento, que é um dos processos mais importantes e essenciais de uma organização. Como o próprio nome sugere, a logística de suprimento irá gerenciar tudo aquilo que é necessário para a produção, ou seja, toda a matéria-prima. Os funcionários deste setor ficam responsáveis pelo controle de estoque, o armazenamento e os cuidados com os materiais.

O segundo tipo é a logística de produção, que é responsável pelo controle do que será produzido, avaliando a necessidade do mercado e assim evitando desperdícios. Este planejamento é essencial para que a empresa continue crescendo e lucrando.

O terceiro tipo é a Logística Reversa, que tem um papel sustentável na empresa, reutilizando os materiais e fazendo com que eles possam voltar ao estoque, sempre que estiverem em boas condições. Também é ela que faz o descarte adequado de matéria-prima inutilizada, evitando que ela seja enviada para locais errados.

E, por último, temos o terceiro tipo que é a Logística de distribuição, que é subdividida em 5 etapas: Conferência de cargas após expedição; Roteirização de entregas; Administração de transportes; Controle de fretes e Monitoramento.

A logística de distribuição é a responsável pelas mercadorias e materiais presentes no estoque, assim como a compra do que é necessário e o tempo de validade de casa um deles.

Essencial para um bom funcionamento da empresa, todos os tipos de logística devem estar presentes em uma empresa, em menor ou maior escala, contando com funcionários treinados e com suporte necessário para que possam executar o trabalho com qualidade. A logística pode ser responsável pelo lucro ou pela perda de capital, por isso, deve ser administrada de perto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *